OBR Equipamentos Industriais

Pular para conteúdo principal »

Site de busca

Você está agora em:

Cuidados na Aplicação

Características da Pressão Interna do Amortecedor:

A pressão Interna do amortecedor é individualmente projetada e manufaturada para cada aplicação específica.

Amortecedores de impacto têm projetos individuais de medidas dos orifícios internos, dependendo de sua aplicação. Desta forma, não se pode especificar ou dimensionar um amortecedor tendo apenas como base suas medidas externas.

O cálculo e a seleção do amortecedor de impacto correto deve ser efetuado ou verificado pela OBR.

Montagem:

Para montar o amortecedor, recomendamos o uso dos acessórios de montagem originais mostrados no catálogo.

A montagem de cada amortecedor deve ser posicionada de forma exata, para que a força de reação possa ser adequadamente transmitida pela estrutura da montagem.

O comprimento total do curso deve ser usado para desaceleração, porque se usado somente parte do curso, pode gerar uma pressão excessiva e danificar a peça.

Verificação Inicial de Partida:

Primeiros impactos no amortecedor devem ser somente testados depois da correta montagem e com velocidade de impacto reduzida e, se possível, com carga também reduzida.

Diferenças entre dados de operação calculados e vigentes podem ser detectados previamente e evitar que o sistema seja danificado. Se os amortecedores foram selecionados sobre dados calculados que não correspondem a carga máxima possível, então estas condições de impacto restritas não devem ser excedidas durante os testes iniciais ou uso subsequente do sistema. Caso contrário, há risco de danificar os amortecedores e/ou a máquina pela pressão excessiva dos materiais.

Deposi do teste e averiguação inicial, verificar se a haste do amortecedor retorna à posição inicial. Também verifique se a montagem do dispositivo ainda está cuidadosamente apertada. É preciso garantir que nenhum dano ocorra à haste do amortecedor, ao corpo ou à montagem do dispositivo.

O que Verificar Após Impacto com Carga Total:

Amortecedores de impacto que foram originalmente testados somente em velocidade e carga reduzida devem ser testados novamente depois que um impacto com carga total ocorreu.

Verificar se a haste do amortecedor estende-se completamente e se a montagem do dispositivo ainda está seguramente fixa. É preciso verificar se algum dano ocorreu na haste do amortecedor, no corpo ou na montagem do dispositivo. Se não ocorreram danos, o amortecedor pode voltar a operar normalmente.

Manutenção:

Amortecedores de impacto são sistemas lacrados e não precisam de manutenção especial.

As peças que não são usadas regularmente devem ser testadas dentro do tempo normal para verificação da segurança pelo menos uma vez por ano. Os amortecedores de impacto que estão em uso regular devem ser verificados a cada 3 meses.


Voltar